Como as indústrias estão faturando em plena pandemia?

Como as indústrias estão faturando em plena pandemia?

Os impactos da atual pandemia ainda surtem efeitos em muitas indústrias brasileiras. No entanto, levantamentos recentes sobre o setor, já apontam uma retomada de diversas áreas, ainda que um pouco tímida: 7% a mais do que em relação a abril.

Em tempos de incertezas como atualmente, especialistas veem esse crescimento de forma otimista e acreditam que ele será gradativo até o final do ano, mas destacam o papel fundamental das empresas buscarem meios de incentivar o consumo no mercado.

E é justamente sobre isso que vamos abordar ao longo desse post. Afinal, como é possível uma indústria aumentar seu faturamento em plena pandemia? Leia até o final e confira as dicas!

Exemplos de indústrias que estão faturando na pandemia

Ao mesmo tempo em que a pandemia afeta a linha de produção de muitas indústrias, especialmente por conta das decisões de isolamento social, outras parecem ter enxergado novas oportunidades no período de crise.

E não são poucos os exemplos! Diversos setores se adaptaram ou mesmo se reinventaram para “surfar” em novas tendências ou necessidades que surgiram nos últimos meses. Esse fenômeno é chamado de “reconversão industrial” e se fez presente em diferentes áreas da indústria brasileira.

Para exemplificar melhor, uma recente entrevista realizada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) abordou diversos especialistas e empresários do setor produtivo e destacou alguns casos de sucesso em plena pandemia.

A Kidy, por exemplo, fábrica especializada na confecção de calçados infantis, readequou todo o seu parque fabril em Birigui (SP) para começar a distribuir máscaras de proteção. A mesma estratégia foi seguida pela DeMillus, indústria têxtil carioca que, além de máscaras, investiu na produção de jalecos de TNT e contratou mais de 200 pessoas durante a pandemia para ajudar na demanda.

Além desses casos, diversas outras indústrias que recorreram à reconversão industrial durante a crise podem ser destacadas aqui, como as montadoras Mercedes e Volkswagen que dedicaram parte de seus fábricas a produção de respiradores, assim como a Thermoval, fabricante de válvulas, que também focou no fornecimento de peças específicas para esse tipo de equipamento hospitalar.

Fabricantes de cosméticos, indústrias farmacêuticas e até de alimentos também encontraram alternativas viáveis de faturamento em plena pandemia, como a produção de álcool em gel, produtos de limpeza, suplementos alimentares, medicamentos, etc.

[e-book] As melhores estratégias para aumentar as vendas na indústria | Baixar grátis | Agência Labra

É em meio a crises, altos e baixos do mercado que muitas empresas se reinventam, ou realizam pequenas inovações que fazem toda a diferença.

Após passar esta pandemia, muita coisa não voltará mais a ser como era antes, principalmente a comunicação pelos meios digitais, e os processos de vendas.

Mesmo em meio a esta crise, tivemos alguns clientes da LABRA, que, por já estarem trabalhando a anos com o Marketing Digital trazendo novos negócios ao time comercial, não sofreram impacto nas suas vendas, pelo contrário, investiram ainda mais e estão VENDENDO MAIS e batendo meta de vendas agora em meio à pandemia.

Veja abaixo um gráfico referente ao período de janeiro a junho de 2020, mostrando o crescimento em vendas de um cliente de uma indústria de equipamentos que investe em Marketing Digital:

Gráfico Indústria (Janeiro a junho 2020)

Mudanças de consumo também direcionam o faturamento na pandemia

Nem só a reconversão industrial tem sido fator para o faturamento na pandemia. Naturalmente, alguns setores tiveram suas demandas aumentadas, muito por conta da mudança de hábitos e de consumos no mercado.

O e-commerce, por exemplo, teve um crescimento exponencial desde o início do isolamento social, chegando a superar 81% de vendas a mais do que o mesmo período do ano passado.

Bom para algumas indústrias, como a de eletroeletrônicos, brinquedos, livros e de utensílios domésticos. Para se ter uma ideia, a busca por “kit de jardinagem” cresceu mais de 180% entre os brasileiros na internet, enquanto especialistas em games comemoram o aumento de 30% na venda de jogos para crianças e adultos no país.

Isso não caracteriza apenas tendências temporárias por conta de uma crise sem precedentes, mas aponta para uma mudança de hábitos e consumos da população como um todo. E agora, cabe às indústrias e empresas se adaptarem a esse “novo normal” e buscarem alternativas que atendam às necessidades do pós-pandemia.

Marketing industrial: uma estratégia necessária no pós-pandemia

Não importa qual seja o setor de sua empresa, certamente ele não será mais o mesmo nos pós-pandemia. Como destacamos acima, tanto a reconversão industrial, como as mudanças naturais de costumes e hábitos do mercado ditarão o futuro da indústria no Brasil.

Por isso, o uso do Marketing Industrial como estratégia de reposicionamento no pós-pandemia é assunto em destaque hoje em dia e, sem dúvidas, permitirá que as empresas entendam melhor as novas necessidades dos clientes e, principalmente, consigam oferecer soluções mais focadas em suas dores.

E como investir em Marketing Industrial e garantir o faturamento na pandemia? Veja algumas dicas abaixo!

Participação online

Com a nova “explosão” do e-commerce e de busca por soluções online, simplesmente ter um site apresentável e organizado de sua indústria não é mais suficiente. Ele precisa ser estratégico, estar bem ranqueado nas pesquisas do Google, ser atraente e, principalmente, sanar as dores que a pessoa precisa. Seu site cumpre todo esse papel?

Conteúdos relevantes

O papel do Marketing Industrial não é apenas vender, mas também de informar, cativar, criar relações, tornar referência e aproximar possíveis parceiros e clientes de sua marca. Para isso, a criação de conteúdos de qualidade, realmente relevantes e com foco técnico e especialista nos assuntos é estratégia exclusiva desse modelo.

Comunicação estratégica

Por fim, outro destaque do Marketing Industrial é a comunicação direta e especializada com o público, diferentemente do marketing convencional que aborda estratégias de uma forma mais ampla e generalizada.

O pós-pandemia na indústria vai requerer, como nunca, um atendimento personalizado, técnico e que dialogue com especialistas. Para isso, o seu site precisa estar apto a atender tais exigências e a solucionar, com eficiência, todas essas dores.

Invista em marketing digital

Como já havíamos comentado antes e em outros conteúdos aqui no blog, investir em marketing digital é de suma importância, principalmente em tempos de crise, onde as indústrias necessitam estarem presentes nos canais digitais. Podemos citar mais um exemplo para você de outro cliente da LABRA que investe há anos em marketing digital. No gráfico a seguir, irá ver que essa empresa vem crescendo em vendas mesmo durante a pandemia. gráficos industrias

Em resumo, os exemplos de indústrias que estão faturando durante a pandemia não se resumem apenas a oportunidades enxergadas em tempos de crise. Mas também a uma transformação geral das estratégias e decisões que as empresas precisarão tomar para se adaptarem às novas tendências e costumes e, indiscutivelmente, o Marketing Industrial tem papel fundamental nessa nova era de consumo.

E sua empresa já está preparada para esses novos tempos? Pensando nisso, a Labra preparou um guia completo sobre o uso do Marketing Industrial como forma de vender e faturar mais nesses dias. Baixe o e-book gratuitamente e aplique as dicas!

[e-book] Marketing Industrial: como gerar novas vendas | Baixar grátis | Agência Labra

A importância do CRM para o departamento de vendas

A importância do CRM para o departamento de vendas

A tecnologia e a integração de novos sistemas são elementos que podem auxiliar na criação de ações estratégicas e na aplicação de diferenciais competitivos. No entanto, isso deve ser feito por meio da coleta de informações da clientela e pesquisas mercadológicas. Nesse sentido, uma ótima alternativa é adotar um sistema CRM, que tem como objetivo a gestão do relacionamento com o cliente. 

Dessa forma, é possível analisar o engajamento do negócio, o perfil dos consumidores, o volume de interações e dados qualitativos. 

Além disso, a aplicação do CRM em qualquer modelo de negócio permite que as empresas estudem melhor as necessidades e interesses de um cliente ou potencial cliente, facilitando o processo de relacionamento e, principalmente, a assertividade das ações de vendas. 

Pensando nisso, preparamos este artigo com o objetivo de mostrar a você, o que é um sistema CRM e como ele pode ser benéfico para o seu negócio. Agora vamos te mostrar 4 vantagens dessa ferramenta para o seu departamento de vendas. Confira!

Mas, afinal, o que é o sistema CRM?

O sistema CRM (Customer Relationship Management) é um software de gestão que tem como objetivo manter um relacionamento próximo e efetivo com o consumidor, de forma a conseguir fidelizar e transformar os clientes em disseminadores da marca. 

Em resumo, o CRM é uma estratégia de negócios em que o foco é conhecer profundamente os clientes para identificar as suas principais necessidades e surpreendê-los positivamente, oferecendo produtos e serviços que atinjam as expectativas.  

Portanto, o CRM envolve uma série de características e estratégias de relacionamento. Vamos mencionar as principais: 

  • Centralizar o cadastro dos clientes;
  • Realizar a balança digital comercial;
  • Lembrar de entrar em contato com os consumidores;
  • Identificar as melhores oportunidades de negócio;
  • Conhecer o cliente profundamente, bem como suas preferências de compra; 
  • Analisar os melhores canais de comunicação;
  • Segmentar o público-alvo;
  • Padronizar o atendimento e suporte.

Como você pode perceber, a função do CRM é auxiliar as empresas a conhecerem os seus clientes, manter um relacionamento próximo e atender às suas necessidades. Contudo, as vantagens não param por aí. Veja a seguir! 

Onde você está errando no  processo de vendas da sua indústria? Descubra agora com nosso CHECKLIST EXCLUSIVO! | Agência Labra

Por que investir em um CRM? 

O mercado competitivo exige que as práticas e estratégias estejam voltadas para a satisfação dos clientes, não é mesmo? Pois bem, essa é a primeira razão para investir em um sistema CRM. 

Dito isto, é importante entender mais a fundo como o sistema CRM pode ser benéfico para o seu time de vendas. Acompanhe: 

1. Dados em um único espaço

A primeira razão para investir em um software CRM é que ele permite centralizar dados e informações dos clientes em um único espaço. O sistema interno, por exemplo, auxilia (e muito) o desenvolvimento de estratégias de marketing e vendas

Em resumo, o armazenamento de informações contribui para que a empresa mantenha contato constante com o consumidor, para que ela se mostre sempre presente na vida do cliente e, principalmente, em seu processo de compra. Isso vale até para áreas específicas, como detector de gás.

Além disso, com a integração desses dados, a companhia está pronta para atender o cliente e tratá-lo com exclusividade, de modo que ele se sinta valorizado e especial. Vale destacar que essa é a melhor opção para construir um bom relacionamento entre as partes.

2. Otimização do processo de vendas

Não restam dúvidas: a ferramenta também contribui significativamente com a automatização do processo de vendas. Afinal, o profissional já tem em mente todas as informações necessárias, oferecendo assim, um atendimento personalizado. 

Dessa forma, é possível controlar todas as etapas presentes no processo de vendas, de modo que tudo ocorra como planejado. Aliás, vale mencionar que o CRM torna o atendimento mais prático, rápido e eficiente. 

3. Tomada de decisões 

Com a utilização da ferramenta, o responsável pelo departamento comercial consegue tomar decisões com mais facilidade, uma vez que as informações coletadas auxiliam na criação de estratégias e ações de vendas. 

Nesse sentido, as informações são aplicadas com o intuito de alinhar todas as equipes em um único objetivo, permitindo que a ação seja feita de forma certeira e eliminando dados hipotéticos e, consequentemente, achismos.  

Portanto, o interesse do cliente durante o processo de compras depende exclusivamente da tomada de decisões. É isso que vai determinar quantas conversas serão necessárias para que o cliente concretize a compra, mesmo produtos limitados, como carrinho plataforma.

Além do mais, o sistema CRM aponta quando o colaborador deve avançar uma etapa de venda e quando está definitivamente pronto para efetuá-la. Ou seja, o software é extremamente útil para identificar o melhor momento de agir. 

4. Bom relacionamento

Por fim, de fato o CRM contribui, principalmente, com a construção de um bom relacionamento entre cliente e marca. Afinal, quanto mais a empresa converse com o público, maiores são as chances de gerar uma relação contínua.

Portanto, o CRM é, sem dúvida, um grande aliado para as empresas, principalmente no segmento de marketing e vendas, visto que atua diretamente na gestão de relacionamento e resultados.  

Para conferir mais conteúdos relacionados a marketing e vendas, acesse o nosso blog

 

Vendas na indústria: como criar formas alternativas em momentos de crise?

Vendas na indústria: como criar formas alternativas em momentos de crise?

Inúmeros segmentos de mercado, principalmente tecnologia já estão há anos trabalhando a transformação digital e reinventando as formas de vender, mas a maioria das vendas da indústria ainda estão ocorrendo de formas tradicionais. Agora, com a pandemia que estamos vivenciando, muitas indústrias sofreram grandes impactos em vendas e faturamento.

Mas sempre há tempo para mudanças, e geralmente em meio ao caos é que surgem grandes ideias. Pois, agora, mais do que nunca, as indústrias precisarão reinventar suas formas de vender.

O que mudará na forma de vendas na indústria?

Após passar toda esta pandemia, muita coisa não voltará mais a ser como era antes, principalmente a comunicação pelos meios digitais, e também a industrialização no Brasil, a qual terá um grande crescimento devido a algumas restrições em relação a importações.

Portanto, mais do que nunca chegou a hora das indústrias realmente realizarem uma boa transformação digital, principalmente nos times de marketing e vendas, que precisarão saber usar os meios disponíveis para continuarem vendendo. Abrir novos mercados e novos clientes e, principalmente estarem super alinhados e interligados.

As indústrias que já estavam usando os meios digitais para atuar comercialmente, também foram impactadas com redução nas vendas, mas com certeza ainda conseguiram manter boa parte da receita, justamente por estarem atuando fortemente com os canais digitais em prol de trazerem novas oportunidades de negócios para os times de vendas internos. 

Times estes que já estavam realizando vendas via telefone, whatsapp entre outros meios, e indo trabalhar de forma remota (home office) conseguiram, mesmo assim, manter a maior parte das vendas.

vendas na indústria

Já as indústrias que ainda não haviam se preparado para adaptar o comercial para os meios digitais, aquelas que ainda dependiam exclusivamente de vendedores ou representantes indo de porta em porta nos clientes, estas tiveram um impacto muito maior na redução das vendas.

Por onde começar esta transformação nas indústrias?

O primeiro setor que deverá se transformar é o Marketing, onde o mesmo deverá inserir a empresa nos meios digitais, e fazer um bom trabalho para que a indústria tenha uma boa presença digital. 

Mas quando falamos em presença digital, não é apenas criar contas e fazer postagens em redes sociais, vai muito além disso. Segue abaixo todos os canais digitais que devem ser focados:

  1. Um website institucional com conteúdo, boa performance e com SEO bem feito;
  2. Um blog para a publicação de conteúdo relacionado às dores do seu segmento, também com SEO bem feito para ranqueamento;
  3. Bons materiais de conversão para captação de leads;
  4. Boas páginas de conversão para captar leads e oportunidades de negócio;
  5. Um bom trabalho de automação, nutrição e relacionamento com a base de contatos (clientes e novos leads);
  6. Um bom trabalho orgânico para que todos ou a maioria dos seus produtos estejam posicionados na primeira página do Google, sem ser anúncios pagos;
  7. Uma atuação excelente em mídias pagas, como Google Ads, Redes Sociais Ads e Remarketing;
  8. Uma boa ferramenta para atendimento via WhatsApp integrada com o marketing;
  9. E também um foco em link building, com outros canais de referência do seu segmento para ajudar a trazer tráfego qualificado.

Existem ainda diversos outros meios para se atuar de forma digital, mas estes são os principais canais, os que melhor performam para as indústrias.

Após todo este trabalho de Marketing Digital em prática, precisamos ir para o time comercial, para implementar um bom CRM comercial, integrado com as ferramentas de automação de marketing, para termos uma boa rapidez, objetividade e eficácia com as novas oportunidades comerciais que chegaram.

No setor comercial, além de implementar boas ferramentas, é extremamente necessário um trabalho para organizar, treinar e acompanhar o time comercial, para que as metas e a performance desejada sejam alcançados. 

vendas na indústria: metas

Se isso não for feito, de nada adiantará um bom trabalho de marketing digital para atrair novos clientes e muito menos boas ferramentas comerciais, você literalmente estará jogando dinheiro fora.

Após se ter os setores de marketing x vendas trabalhando interligados e transformados digitalmente, é possível ainda, levar esta transformação a outros setores da indústria, que vão desde um pós-vendas, assistência técnica, recursos humanos, entre outros.

E quando começar esta transformação nas indústrias?

O mais rápido possível, pois como citamos no início, o Brasil terá um bom crescimento em industrialização pós-pandemia, e também muita coisa que se transformou durante este período que não voltará mais a ser como era antes.

Portanto se sua indústria ainda não deu o pontapé inicial para esta transformação, ela já está em desvantagem perante a outros concorrentes diretos do seu segmento que já estão ganhando o seu espaço. 

E falando em espaço, uma das grandes vantagens de um bom trabalho de Marketing Digital alinhado com o time de vendas, é que independente do tamanho da sua indústria você terá o mesmo espaço no mercado.

Se precisar de uma ajuda para iniciar ou dar um bom andamento ao que já foi iniciado, mas que não esteja tendo resultado, a LABRA como agência especializada em indústrias se coloca a disposição para auxiliar neste processo.

[e-book] As melhores estratégias para aumentar as vendas na indústria | Baixar grátis | Agência Labra

Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

A pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) gerou inúmeros impactos negativos na economia do país. Além disso, estima-se que os efeitos no âmbito econômico perdurem, ao menos, por mais alguns meses. Em situações emblemáticas e de recessão, muitos empreendedores, gestores e líderes não sabem como agir em relação ao investimento em marketing digital, e acabam suspendendo as ações de marketing e crescimento. 

No entanto, essa ação pode resultar em grandes falhas, uma vez que o marketing digital proporciona mais visibilidade para marca e auxilia a captar novos clientes. Diante desse cenário, é imprescindível se perguntar: qual a importância do marketing digital na crise?

Para responder a essas e outras perguntas, preparamos este post com o objetivo de mostrar a você, empreendedor, a importância do marketing digital em momentos de crise. Ficou interessado? Continue lendo!

Por que o marketing digital é importante durante uma crise?

Como mencionamos anteriormente, o marketing digital é uma ferramenta poderosa para auxiliar uma organização a contornar a crise. Afinal, com a sua utilização de forma correta, é possível divulgar produtos e consolidar serviços. Acompanhe: 

1. Segurança e conforto

O consumidor está cada vez mais exigente e, com isso, passou a valorizar mais a segurança e o conforto. 

Dessa forma, o consumidor tende a se adaptar ao meio online para realizar compras pela internet, uma vez que os processos são mais simplificados e não há necessidade de se deslocar para encontrar um produto simples, como uma resina epóxi

2. Interação 

Os canais digitais são ótimas alternativas para estreitar o relacionamento com o cliente e criar uma interação maior com o público-alvo. Isso é possível por meio de sites, blogs, redes sociais, entre outras opções. 

A interação por meio digital é fundamental para criar uma identidade para a marca, torná-la conhecida e fazer com que ela seja lembrada, ainda que o segmento seja específico, como um varejo de porta contra incêndio

3. Aumento das compras online

Como citamos acima, os consumidores estão cada vez mais integrando o conforto durante o seu processo de compras. Por isso, a tendência é que o número de compras online aumentem significativamente nos próximos meses. 

Portanto, é imprescindível elaborar um planejamento de vendas online, proporcionar uma boa experiência de navegação ao consumidor e, consequentemente, aumentar o número de vendas. 

[e-book] Marketing Industrial: como gerar novas vendas | Baixar grátis | Agência Labra

4. Inovação 

A inovação faz parte da realidade de toda corporação. Além disso, principalmente em momentos de crise, ela auxilia a criar um diferencial competitivo e expandir as chances de negócios. 

Por exemplo, vamos imaginar que você tem um restaurante e nunca atendeu com etiqueta código de barras. Dessa forma, é preciso que essa informação seja clara e transmitida diariamente para os consumidores. 

Uma boa dica é investir nas plataformas digitais, como o Facebook, Instagram e Twitter. Vale apostar na criação de conteúdo relevante, imagens ou até mesmo vídeos simples para prender a atenção do leitor. 

Conclusão 

Não restam dúvidas: as empresas que desejam contornar a crise precisam investir em marketing digital. 

Portanto, crie um bom planejamento, ótimas estratégias e adote ações eficientes, de forma que os consumidores se criem um interesse genuíno pela marca e, claro, voltem a comprar novamente. 

Gostou desse conteúdo? Leia também o nosso artigo sobre como as indústrias podem se restabelecer com o auxilio do marketing digital após a crise do coronavírus.

O Marketing Digital ajuda no aumento das vendas?

O Marketing Digital ajuda no aumento das vendas?

Muitas empresas ainda não entenderam o real sentido do Marketing Digital. Diversas vezes investem valores muito baixos, trabalham apenas alguns canais e não utilizam uma estratégia de marketing que dê resultados, e por não verem retorno, acabam cortando o investimento.

Então sempre fica aquela dúvida, o Marketing Digital realmente ajuda no aumento das vendas para minha empresa? 

A resposta é SIM. O marketing digital quando investido corretamente, mas principalmente por quem entende do seu segmento, e faz valer todo o investimento realizado, aumenta sim a visibilidade. Assim, o time comercial irá trabalhar as vendas e converter no aumento do faturamento.  

Tudo é um conjunto de ações. Trabalhar os canais corretos e entendendo onde está o seu público-alvo. Para isso, ter um profissional de marketing interno, escolher uma agência que entenda do seu segmento para trabalhar em conjunto, tudo isso traz resultados. 

[e-book] Marketing Industrial: como gerar novas vendas | Baixar grátis | Agência Labra

Quais canais de marketing digital precisam ser trabalhados?

Este é um dos pontos chaves do sucesso da sua estratégia. Saber e entender onde seu público-alvo está mais presente, para assim focar ações em canais que realmente tragam retorno.

Por exemplo, se você possui uma loja de roupas e calçados, as redes sociais e o WhatsApp são indispensáveis para o sucesso nas vendas. Neste caso um bom website, conteúdo, automações, entre muitos meios, não serão tão eficientes.

Já para uma indústria, por exemplo, que trabalhe vendas B2B, as redes sociais têm um impacto menor nas vendas. Por quê? Porque o cliente quando busca pelo produto que determinada indústria oferece, geralmente procura em outros canais digitais, no Google principalmente. 

O cliente irá buscar referências, informações sobre o produto, conteúdo sobre como resolver o seu problema, ou seja, é uma outra estratégia que envolve outros canais. 

Um bom website com conteúdo, marketing de conteúdo, SEO, materiais de conversão, nutrição dos leads com fluxos de automação, etc. Com certeza irá atrair seu público.

Para se destacar no mundo digital e colocar sua empresa entre os principais concorrentes, independentemente do tamanho, é importante alimentar os canais digitais de forma adequada. 

Existem diversas formas que o conteúdo pode ser disseminado, como vídeos ou com artigos, se possível até áudios, como podcasts por exemplo tornando-o ainda mais interessante e atrativo ao consumidor. 

Assim o público-alvo irá ter conteúdo relacionado a seus produtos ou serviços, com o objetivo de alcançar e sanar as dores e desafios da persona. Isso instiga, e faz com que o cliente chegue até seu site em busca de soluções e acabe entrando na jornada de compra.

Outro ponto extremamente importante para o sucesso do marketing digital nas vendas é o valor correto investido, pois pouco adianta investir um valor baixo se você quer uma abrangência do marketing digital muito grande. 

O valor investido deve ser de acordo com a abrangência desejada, com os canais trabalhados e com os serviços profissionais solicitados. 

Por que investir em Marketing Digital?

O marketing digital está cada vez mais presente nas empresas, e quanto mais se adia o investimento neste canal, maior a chance de surgir um concorrente e tomar uma boa fatia do seu mercado.

Assim com o trabalho em conjunto dos profissionais especializados, uma pessoa interna na empresa focada em marketing, um investimento adequado aos resultados desejados e um time de vendas o sucesso é garantido. 

Os resultados virão, mas não espere nada rápido, é preciso plantar e aguardar a colheita. Nos primeiros meses de trabalho será para entender o que será feito, principalmente entender o produto ou serviço, o perfil do cliente ideal e onde ele será melhor impactado.

 Um bom planejamento de marketing digital no início e um trabalho em conjunto entre as áreas de marketing e vendas o sucesso acontece. 

Mas este auxílio do marketing digital vai muito além de apenas trazer novos clientes, e sim manter os clientes atuais. Desde o pós-vendas, recompra, e até mesmo setores internos da empresa como o RH, por exemplo.

[e-book] Indústria 4.0 e os desafios do setor | Baixar Gratuitamente | Agência Labra

O Marketing Digital ajuda a manter o interesse do cliente?

Manter o interesse do cliente é um desafio constante no dias de hoje. Quando o cliente visita os canais digitais e logo converte, agora é necessário mantê-lo interessado no seu produto. Mas como fazer isso? Mantenha contato, faça-se presente, seja lembrado. Uma forma de fazer isso é através dos e-mails, fluxos de automações bem elaborados, e estando presente nos canais onde o cliente se encontra. 

Para isso, investir em marketing digital é um dos meios que mais trazem resultados. Porém de forma certa e eficaz, você será lembrado, e ao mesmo tempo fará com que seu público-alvo esteja bem informado, com conteúdos úteis e que agreguem e dão a solução desejada para seu negócio.

Agora com todas essas dicas, está na hora de começar a investir em marketing digital. Para você fazer isso perfeitamente, leia esse post do nosso blog e saiba quais o erros que você deve evitar no marketing digital!

A importância de possuir um profissional de marketing interno na indústria

A importância de possuir um profissional de marketing interno na indústria

Com o mundo evoluindo a todo o momento, e a transformação digital em constante modificações, ainda existem diversas empresas que não possuem um profissional de marketing interno

Quando o assunto é o setor da indústria, essa questão continua ainda muito forte, sendo um dos setores deixado de lado. 

Por mais que seja um cenário bastante comum, ele precisa ser mudado o quanto antes. As transformações acontecem com uma rapidez muito maior nos dias de hoje, e algumas empresas estão ficando estagnadas no tempo, e tendem a perderem seu espaço no mercado.

[e-book] Indústria 4.0 e os desafios do setor | Baixar gratuitamente | Agência LABRA

Como algumas indústrias tratam o profissional de marketing

Atribuições errôneas, trabalhos superficiais, o profissional de marketing muitas das vezes é sujeito a enfrentar esse tipo de situação no seu trabalho. 

Ao invés de trabalhar nas estratégias de marketing digital da empresa, auxiliando desde o desenvolvimento de novos produtos para o mercado, no posicionamento da marca e, trabalhar em paralelo com o time comercial, acaba sendo colocado em trabalhos que não passavam de competências de um design gráfico.

Porém, nas indústrias, o profissional de marketing interno deve ser uma peça chave nas estratégias de novos produtos e negócios.

Inúmeras indústrias já estão no caminho certo, estruturando equipes de marketing interno, para pensar e trabalhar de forma estratégica, e não apenas executando funções operacionais que podem ser facilmente terceirizadas com agências de marketing, por exemplo.

Um grande erro que as indústrias cometem

Existem indústrias de médio e até mesmo grande porte que ainda não possuem um profissional de marketing interno, porém acabam terceirizando toda esta demanda com agências de publicidade e agências de marketing digital.

Marketing para indústrias: Como algumas indústrias tratam o profissional de marketing | Agência LABRA

Em muitos caso, as agências não conseguem ter uma eficiência excelente no trabalho prestado por não ter um profissional de marketing interno para auxiliar e dar o devido suporte, ficando assim, a carga toda sobre a agência.

Pensando assim, muitas dessas indústrias entendem que uma agência sendo contratada substituirá o departamento de marketing.

Está realidade é muito comum e existe um grande desgaste. Pois, com essa responsabilidade, será cobrada pelos resultados, e assim subentendido que é responsável por todo o departamento de marketing pelas indústrias. 

Ao mesmo tempo, a agência fica refém de um responsável interno na empresa que possui outras funções — além de dar suporte ao marketing — em muitos casos. 

Esse colaborado, muitas das vezes, não consegue dar a atenção que uma agência necessita para o bom andamento dos trabalho, e consequentemente ocorre um desgaste e frustração de ambas as partes. 

Por que todas as indústrias deveriam ter um profissional de marketing interno?

Como já citado anteriormente, existem inúmeras indústrias que possuem não apenas um profissional de marketing interno, mas sim, uma equipe de marketing estruturada, trabalhando lado a lado com o time comercial.

E marketing offline e digital terceirizadas para cuidar de demandas específicas e produções, trabalhando alinhada com a equipe interna.

Claro que para se ter uma equipe de marketing interna, as indústrias precisam de um determinado porte.  

Indiferente se for uma equipe ou apenas um profissional, o fato comprovado é que estas empresas conseguem resultados muito mais surpreendentes do que apenas ter só uma agência terceirizada ou um profissional interno que faz tudo.

Tendo pelo menos um profissional interno de marketing e uma agência terceirizada, os resultados são sem sombra de dúvida, melhores.

Vantagens de ter um profissional de marketing interno 

Listamos aqui uma série de ganhos e vantagens possui um profissional de marketing:

  • Maior assertividade no desenvolvimento da agência;
  • Agilidade na coleta de informações;
  • Agilidade na aprovação de demandas da agência;
  • Mantém a agência 100% informada sobre as estratégias da empresa;
  • O atendimento e resposta a canais de marketing da empresa são mais ágeis;
  • O alinhamento entre a empresa e a agência é mais próximo;
  • A agência fica sempre informada dos acontecimentos na empresa;
  • E a empresa consegue acompanhar melhor o trabalho da agência.

Tendo um profissional ou equipe de marketing interno trabalhando em conjunto com a agência, além de todas as vantagens já listadas, também será possível melhores resultados nos negócios, pois o alinhamento entre o time comercial e o time de marketing acontece com maior facilidade .

Os feedbacks são mais constantes e os alinhamentos mais precisos, resultando em uma melhor eficiência como um todo.

O que mais as indústrias ganham tendo este profissional de marketing interno:

Os comportamentos de compra em geral estão mudando, e o profissional ou equipe de marketing interno, deverá trabalhar em conjunto com o time comercial — ou a agência terceirizada —  dessa forma, irão surgir melhores oportunidades de novos negócios para a empresa.

[e-book] MARKETING INDUSTRIAL COMO GERAR NOVAS VENDAS | Baixe gratuitamente | Agência LABRA

Em todas as empresas onde existe um bom alinhamento de marketing e vendas, os resultados são superiores, pois fica com o marketing a função de trazer novas oportunidades de negócio e com o time de vendas a qualificação e a venda para estas oportunidades.

Falando um pouco sobre as vendas, outro erro comum que as indústrias cometem, é deixar a prospecção de novas oportunidades de negócio apenas com o time comercial .

Os bons vendedores, ao invés de focarem nas vendas, — que é a função — precisam investir boa parte do seu tempo prospectando.

Isso acaba tornando o processo comercial ineficiente, pois o correto na maioria dos casos seria deixar esta captação de novas oportunidades com o time de marketing na parte da captação digital e o restante com um time de pré-vendas, a prospecção ativa, deixando os vendedores focados 100% nas vendas, garantindo assim, eficiência.

Todos sabemos que se inicia uma crise, o primeiro setor a ser cortado é a comunicação, mas precisamente, o marketing da empresa.

Porém, isso acontece por não estarem utilizando o marketing da forma correta. Ao ser utilizado corretamente, o marketing dará resultados. Porém para isso é necessário uma estratégia bem elaborada e alinhada, um profissional de marketing interno capacitado, e uma agência para a execução.

Além das vendas 

Um profissional de marketing interno vai além do alinhamento com a agência, com as estratégicas feitas pensando nos resultado. Ele é aquele profissional que auxiliar também no marketing interno da indústria.

Pensando em gerar resultados, o alinhamento vem de dentro para fora. Auxiliando e motivando os colaboradores, o resultado só tende ser ainda mais eficiente. 

Alinhando os valores da empresa/indústria, uma conexão feita, gerando harmonia em todos os setores. Os profissionais de marketing interno otimizam os resultados obtidos.

Indiferente do tamanho da sua indústria e de já ter uma agência de marketing terceirizada, é muito importante possuir pelo menos um profissional de marketing interno, e em um futuro promissor, pois isso garantirá o sucesso do seu negócio.

Quer saber mais sobre marketing industrial? Vamos te dar 10 motivos para investir em marketing para indústrias. 

Para ficar ainda mais inteirado ao assunto de marketing industrial, nós convidamos você a ler este conteúdo, que vai te dar 10 motivos para investir em marketing para indústrias